Notícias

"O remorso de um dissidente: Alexander Zinoviev sobre Stalin e a desintegração da URSS"

Alexander Zinoviev (1922-2006) foi um filósofo, sociólogo, matemático e escritor russo. Zinoviev é um caso extraordinário de um dissidente na União Soviética que, após a desintegração desta, retratou-se pelo seu anti-sovietismo e anti-stalinismo. Quando jovem, em 1939, foi preso por estar envolvido em uma conspiração para matar Joseph Stalin. Foi como chefe e professor do Departamento de Lógica da Universidade Estadual de Moscou que Zinoviev adquiriu a sua reputação como dissidente. Ele deixou a União Soviética em 1978 e passou a viver na Europa Ocidental até 1999. Tendo a oportunidade de viver tanto dentro do sistema socialista na URSS quanto do sistema capitalista da Europa Ocidental, Zino

"Façamos o regime Duterte sangrar, realizemos mais ofensivas táticas!"

O Partido Comunista das Filipinas (PCF) vem comandando o Novo Exército Popular (NEP) em uma série de ofensivas táticas de sucesso por todo o país nos últimos dois meses. Várias unidades do Novo Exército Popular têm levado a cabo uma série de emboscadas, hostilidades, operações de demolição e outras ofensivas táticas contra as tropas armadas fascistas do regime, paramilitares e outros grupos armados, assim como sanções contra operações prejudiciais ao meio ambiente feitas por grandes mineradoras, madeireiras e pelo latifúndio. Uma série de ataques foram feitos nas regiões de Mindanao, Visayas Oriental, Negros, Panay, Bicol, Taglog do Sul e Vale do Cagayan. O Partido saúda os soldados e comand

Kim Jong Il: "A difamação do Socialismo não será tolerada"

Com o recrudescimento sem igual das desavergonhadas intrigas dos imperialistas e outros reacionários contra o socialismo, está se difundindo os sofismas mais dissimulados para difamá-lo. Os inimigos o taxam de “totalitarismo”, “ditadura militar” e “sistema de administração tirânico”, tergiversando a realidade como se por isto tivesse fracassado. Estes termos caluniosos não diferem em nada, em essência, da propaganda que os imperialistas orquestram contra o socialismo desde os primeiros dias da sua aparição no globo terrestre. Argumentavam que era um sistema inumano, carente de liberdade e democracia. “Totalitarismo”, “ditadura militar” e “sistema de administração tirânico” são precisamente o

Mao: "Ser atacado pelo Inimigo não é uma coisa ruim, mas sim uma coisa boa"

Por que a Universidade Política e Militar Antijaponesa tem se tornado famosa por todo o país e ainda desfruta de certa reputação estrangeira? Porque, de todos os institutos militares antijaponeses, este é o mais revolucionário, o mais progressista, e o melhor combatente pela libertação nacional e emancipação social. Isto, penso eu, também é o motivo dos visitantes em Yan'an estão tão entusiasmados em vê-la. A universidade é revolucionária e progressista porque seus funcionários, professores e cursos são revolucionários e progressistas. Sem este caráter revolucionário e progressista, nunca poderia ter ganhado o elogios do povo revolucionário em casa e lá fora. Algumas pessoas atacam a univers

Félix de Athayde: Ah!mérica e Come e dorme

Félix Augusto de Athayde era “um intelectual não-acadêmico”, como ele mesmo costumava dizer. Jornalista e poeta, Athayde integrou os movimentos democráticos e populares de nosso País durante a tumultuada década de 1960. Seus poemas e escritos serviram como verdadeiras trincheiras para o nosso povo: contribuíram com o Centro Popular de Cultura da UNE (União Nacional dos Estudantes) e com as revistas Civilização Brasileira e Tempo Brasileiro. Dedicou boa parte de teu fôlego criativo ao estudo da poética de seu camarada (e conterrâneo) João Cabral de Melo Neto. O estudo saiu dividido em duas obras, incontornáveis para quem deseja compreender melhor o autor de “Morte e Vida Severina”: “Idéias Fi

Stalin: "As Reservas do Imperialismo"

A guerra entre imperialismo e socialismo continua. O "liberalismo" nacional e a "proteção" dos pequenos povos, o "amor à paz" da Entente e a "renúncia" à intervenção, o pedido de "desarmamento" e a declaração de "estarem prontos" a negociar, as "atenções" para com o "povo russo" e o "desejo" de "ajudá-lo" por todos os "meios possíveis", tudo isso e muitas outras coisas desse quilate são somente um biombo que oculta o intensificado envio de tanques e material bélico aos inimigos do socialismo, não são mais que normais maquinações diplomáticas tendentes a esconder ao mundo as "pesquisas" de novas formas "aceitáveis" para a "opinião pública" e adequadas a sufocar o socialismo, a sufocar os "peq

Lenin: "O Partido Socialista e o Revolucionarismo sem Partido"

O movimento revolucionário da Rússia, ao abarcar rapidamente novos e novos setores da população, está criando toda uma série de organizações à margem dos partidos. A necessidade de união manifesta-se com força tanto maior quanto mais tempo foi contida e perseguida. As organizações, de uma ou de outra forma, se bem que frequentemente ainda não cristalizadas, surgem sem cessar, o seu caráter é extremamente original. Aqui não há limites nitidamente assinalados semelhantes aos das organizações europeias. Os sindicatos adquirem caráter político. A luta política funde-se com a econômica — por exemplo, sob a forma de greves —, criando tipos mistos de organizações temporárias ou mais ou menos perman

"A falsificação dos ataques químicos na Síria em 2018 chega ao Conselho de Segurança da ONU"

Ante a fraude organizada pela OPAQ sobre os ataques químicos na Síria em abril de 2018, o Conselho de Segurança da ONU organizou em 28 de setembro uma sessão aberta que foi gravada e que se pode-se consultar na internet (*). A OPAQ é o organismo internacional que se encarrega de monitorar o uso de armas químicas proibidas pelo direito internacional e ano passado falsificou as evidências para imputar ao governo de Damasco o ataque contra a cidade de Duma em 2018 e, dessa maneira, justificar o bombardeio posterior dos Estados Unidos, Grã Bretanha e França contra infraestruturas sírias. Este ataque foi uma armação da qual são responsáveis os Estados Unidos e seus capachos jihadistas presentes n

Engels: "Carta sobre a Internacional"

Londres, 12[-17] de Set[embro] de 1874 ... Além do mais, com a tua saída, a velha Internacional acabou completamente, chegou ao fim. E isso é bom. Ela pertencia ao período do Segundo Império, quando a pressão dominante em toda a Europa obrigava o movimento operário, que estava precisamente a renascer, à unidade e à abstenção de toda a polêmica interna. Era o momento em que os interesses cosmopolitas comuns do proletariado podiam passar ao primeiro plano. Alemanha, Espanha, Itália, Dinamarca, tinham acabado de entrar no movimento ou estavam a entrar nele. Em 1864, o caráter teórico do próprio movimento era na realidade ainda muito pouco claro em toda a Europa, i. e., entre as massas; o comun

"John Reed, escritor e soldado da Revolução"

Em 1914, devido à guerra mundial, John Reed vai para a Europa como correspondente de vários jornais ianques. Esteve nos Balcãs e em vários teatros de operações e há material trazido por seu livro “A guerra na Europa Ocidental”, que é uma denúncia eloquente contra a guerra e o militarismo. No mesmo ano, ele fez sua primeira viagem à Rússia, mas à chegada foi preso por dizer que as autoridades czaristas foram responsáveis ​​pela organização dos pogroms antissemitas. De volta aos EUA, começou a trabalhar no escritório editorial do jornal “The Liberator”. Um artigo seu intitulado “Prepare seu filho para a camisa de força”, fez com que o jornal fosse fechado e seus editores fossem presos. Mas Joh

Reforma administrativa e a espoliação dos trabalhadores

Eles pensam que a maré vai e nunca volta. Até agora eles estavam comandando meu destino e eu fui... Fui recuando, recolhendo fúrias, mas hoje, hoje eu sou onda solta e tão forte quanto eles me imaginam fraca, quando eles virem invertida a correnteza, quero ver se eles resistem a surpresa e quero saber como que eles reagem a ressaca” Joana – Segundo Ato – Gota d’Água (Chico Buarque) Introdução: tendências gerais do capitalismo burocrático brasileiro Apesar de todas as disputas que podemos observar no interior do Estado brasileiro, existe concordância geral entre os diversos grupos que ali se encontram em torno da aplicação de um determinado projeto político-econômico. Nos anos noventa, o Bras

Marx: "Reflexões de um Jovem sobre a escolha de uma Profissão"

A própria natureza determinou uma esfera de atividade no qual os animais devem se mover, e eles pacificamente se movem dentro dessa esfera, sem tentar ir além ou sequer suspeitar de outra. Para o homem, também, a divindade concedeu um objetivo geral, capaz de enobrecer a humanidade e a própria divindade. Mas ela deixou para o homem a tarefa de buscar os meios pelo qual esse objetivo pode ser alcançado, deixou para os homens o trabalho de escolher a posição na sociedade mais adequada a cada um, a partir da qual cada indivíduo pode elevar a si mesmo e a sociedade. Essa escolha é um grande privilégio do homem perante o resto da criação, mas ao mesmo tempo, é um ato que pode destruir sua vida, a

Kim Il Sung: "Sobre a abolição do sistema de impostos"

Libertar as pessoas para sempre de todos os tipos de exploração e opressão e oferecer-lhes uma vida material e cultural feliz é o nobre dever revolucionário dos comunistas e o princípio fundamental que o partido e o estado da classe trabalhadora devem manter firmemente na revolução e construção do Socialismo. A luta revolucionária e o trabalho de construção constituem uma batalha que os homens travam para desfrutar de uma vida independente e criativa, como proprietários da natureza e sociedade, liberando-se de todo tipo de sujeição. Nosso Partido, cuja única orientação é a grande ideia do Juche, emancipou nosso povo para sempre de todos os tipos de exploração e opressão, liderando a revoluçã

"A linha revolucionária e a vanguarda a serviço do povo"

Como temos dito, o movimento de retificação é um “movimento geral de educação marxista”. Retificação significa o Partido inteiro lançado no estudo do Marxismo, através da crítica e da autocrítica. Seguramente, nós aprofundaremos o nosso conhecimento do Marxismo ao longo do movimento de retificação. (Presidente Mao Tsé-Tung, Discurso pronunciado na Conferência Nacional do Partido Comunista da China sobre o Trabalho de Propaganda, 12 de março de 1957). A vanguarda do proletariado deve ser a detentora dos conhecimentos mais avançados e guiada pela linha revolucionária e deve promover a atitude revolucionária no povo e conduzir as atividades revolucionárias. Dentro da vanguarda, as lideranças e

"Paul Robeson: um exemplo de censura à música revolucionária, que se estende até hoje"

No começo da guerra fria, uma multidão racista atacava o concerto de Paul Robeson, nos arredores de Peekskill, localizado ao norte do Estado de Nova York. Podemos imaginar a agressão como uma imagem da atualidade do racismo nos Estados Unidos. Robeson já não é a lenda que foi nos anos 40. Era filho de um ex-escravo, que tornou-se pastor, e de uma mãe cujos antepassados eram escravos que haviam se casado com índios de Delaware e com quacres brancos. Nascido em 1896, cresceu em Nova Jersey e frequentou a Universidade de Rutgers, que no ano passado celebrou o centenário de sua graduação com todas as honras. Robenson havia se destacado em tudo: nos estudos, nos esportes e na música. Teria sido u

“Teses sobre o movimento revolucionário nos países coloniais e semicoloniais”

I – Introdução 1 - O VI Congresso da Internacional Comunista declara que as teses sobre a questão nacional e colonial escritas por Lenin e adotadas no II Congresso ainda possuem total validade, e devem servir como linha diretriz para o futuro trabalho dos partidos comunistas. Desde a época do II Congresso, a importância das colônias e das semicolônias, como fatores da crise do sistema imperialista mundial, se tornou muito maior. 2 - A insurreição em Xangai em abril de 1927 levantou a questão da hegemonia do proletariado no movimento nacional-revolucionário, e finalmente pôs a burguesia nacional no campo da reação, provocando o golpe de Estado contrarrevolucionário de Chiang Kai Shek. A ativi

"O Macartismo está de volta: Membros de Partidos Comunistas são proibidos de imigrar aos EUA"

O Senador Joseph McCarthy morreu em 1957, mas o espectro anticomunista continua vivo na política estadunidense. Membros de partidos comunistas, de qualquer país estrangeiro, são impedidos de imigrar para os Estados Unidos desde a Lei de Imigração e Nacionalidade de 1952. Num alerta de anúncio da política emitido, o Serviço de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS) atualizou a orientação que afirma que membros de partidos comunistas são proibidos de imigrar para o país. O documento diz: “A regra de inadmissibilidade para filiação ou afiliação ao Partido Comunista ou qualquer outro partido totalitário faz parte de um conjunto amplo de leis aprovado pelo Congresso para abordar ameaças

Polícia impõe cerco e ameaça camponeses em Rondônia

Os camponeses do Acampamento Tiago dos Santos, localizado no distrito de Nova Mutum Paraná, na região de Porto Velho (RO), estão sendo cercados de forma ilegal pela polícia militar do governador Marcos Rocha (PSL). Segundo denúncia trazida pelo jornal Resistência Camponesa, os policiais estariam impedindo a entrada e saída dos camponeses e apoiadores, além da entrada de mantimentos básicos. Já começa a faltar comida, incluso leite para alimentar as crianças, conforme vídeo postado pelos próprios camponeses. O acampamento Tiago dos Santos é moradia de mais de 600 famílias, mais de 2000 pessoas, entre homens, mulheres e crianças. Organizados pela Liga dos Campones Pobres, essas famílias lutam

"75 anos da fundação do Partido do Trabalho da Coreia"

Uma liderança notável e uma história brilhante Nós saudamos ao 75º aniversário da fundação do Partido do Trabalho da Coreia (PTC), Estado-Maior da revolução coreana e organizador e guia de todas as vitórias do povo Coreano. Sua fundação em 10 de outubro de 34 da era Juche (1945) tornou-se uma proclamação solene do nascimento da organização da liderança política de novo tipo que assume a responsabilidade e conduz o destino do país e da nação. Durante os últimos 75 anos, o PTC conduziu o povo no caminho da vitória brilhante da causa revolucionária da ideia Juche, a socialista. Em todo o processo de liderar a revolução e na construção de suas várias etapas, ele não recorreu a quaisquer teorias

"A Presença de Che"

Existem mortes que não são verdadeiras. Existem aqueles que saem desse vazio para sempre, mais vivos. Basta olhar para a última foto de Che, a do corpo ao mesmo tempo rígido e vibrante, para confirmar em seus olhos o mistério de uma essência entre nós. “É um rosto sereno, sério e belo, emoldurado pelos abundantes cabelos e barba com que costumavam ser representados os profetas e os santos, o daquele herói da América, do mundo, que aí jaz. Parece que, mesmo morto, aquela presença deslumbrante os queima”, descreveu a cena Roberto Fernández Retamar, que admirava Guevara com a lucidez de um poeta e revolucionário. Suas palavras registram a ressurreição da guerrilha, impensável para os assassinos

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube