Notícias

50 anos da fundação do Novo Exército Popular (NEP) das Filipinas

O proletariado e o povo filipinos, junto a seu partido de vanguarda, o Partido Comunista das Filipinas (PCF), celebram nesta presente data – 29 de março de 2019 – o aniversário de cinquenta anos da fundação do Novo Exército Popular (NEP), instrumento principal das massas trabalhadoras filipinas para derrubar o poder político do velho Estado burguês-latifundiário bancado pelo imperialismo norte-americano. Todas as bases de apoio da Guerra Popular realizam celebrações de todos os tipos, dentre discursos, rodas de conversas, atividades culturais, etc. A fundação do Novo Exército Popular que teve lugar na província de Tarlac (Central Luzon) em 29 de março de 1969 por algumas dezenas de militante

Mao: "Entrevista com o jornalista inglês James Bertram"

O Partido Comunista da China e a Guerra de Resistência Contra o Japão James Bertram: Que posição concreta adoptou o Partido Comunista da China, antes e depois do rebentamento da Guerra Sino-Japonesa? Mao Tsetung: Antes que a guerra rebentasse, o Partido Comunista da China advertiu repetidas vezes a totalidade da nação que a guerra com o Japão era inevitável e o palavreado dos imperialistas japoneses sobre a “solução pacífica”, bem como todas as frases bonitas dos diplomatas japoneses, constituía apenas uma granada de fumos destinada a dissimular os seus preparativos de guerra. Repetidamente sublinhámos que uma guerra vitoriosa de libertação nacional não podia fazer-se sem o reforço da Fr

"RPDC denuncia o plano de guerra bioquímica dos EUA"

Foi recentemente revelado que os EUA continuam a promover no sul da Coreia o plano de guerra bioquímica contra a Coréia do Norte, investindo fundos fabulosos, fato que causa grande preocupação dentro e fora do país. Segundo os dados a "defesa bioquímica programa de avaliação orçamental para o ano fiscal 2019", elaborado pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos gastou uma grande soma de orçamento aumentou 15,6% a mais que no ano passado para o plano "Plano Jupiter" de guerra bioquímica contra a Coreia do Norte, e decidiu investir 34,5% do mesmo para o cais no.8 do porto de Pusan, exclusivamente para as tropas americanas, onde estão instalados no laboratório geral de armas bioquímicas e

Stalin: "Carta a Tito, Kardelj e ao Comitê Central do Partido Comunista Iugoslavo"

Aos camaradas Tito e Kardelj Ao Comitê Central do Partido Comunista Iugoslavo, Recebemos vossa resposta e o informe sobre a decisão da sessão plenária do Comitê Central do PCI de 13 de abril de 1948, assinada pelos camaradas Tito e Kardelj. Lamentavelmente, estes documentos, e em particular o que traz a assinatura dos camaradas Tito e Kardelj, não somente não representam nenhum progresso em relação aos documentos precedentes dos iugoslavos, mas ao contrário, complicam ainda mais as coisas e agravam o conflito. A atenção é sobretudo atraída pelo tom dos documentos, que não pode ser qualificado de outra maneira que de exageradamente ambicioso. Não se vê nessas peças o desejo de pôr a v

Martí: "A verdade sobre os Estados Unidos"

Qualquer que seja a causa, -impaciência da liberdade ou medo dela, preguiça moral ou aristocracia risível, idealismo político ou ingenuidade recém-chegada–, é certo que convém e se faz urgente, colocar adiante de nossa América toda a verdade americana. É preciso que se conheça em nossa América a verdade dos Estados Unidos. Não devemos exagerar sobre sua falta de propósitos pelo desejo de negar-lhes toda a virtude, muito menos ocultar seus defeitos ou proclama-los como virtudes. Não existem raças: não existe mais do que diversas modificações do homem, nos detalhes de hábitos e formas que não transformam o que é idêntico e essencial, segundo as condições do clima e da história em que vivem. É

Lenin: "O Capitalismo e o Parlamento"

Os fatos da democracia não devem fazer-nos perder a vista da circunstância, frequentemente negligenciada pelos democratas burgueses, que nos países capitalistas as instituições representativas inevitavelmente cedem lugar para formas específicas aonde o capital exerce sua influência sobre o poder estatal. Nós não temos um parlamento, mas não há fim para o cretinismo parlamentar entre os liberais e licença parlamentar entre os seus cúmplices burgueses. Os trabalhadores devem instruir-se com esta verdade se quiserem aprender a usar as instituições representativas para promover a conscientização política, unidade, atividade e eficiência da classe trabalhadora. Todas as forças sociais hostis ao

"Cuba vs. Drogas: a vontade política faz a diferença"

Foram apreendidos em 2018, 2348 kg de drogas, a maioria maconha procedente de operações internacionais de narcotráfico, que não tinham como destino o território nacional. Os resultados de 2018 confirmam o compromisso absoluto de Cuba na busca por alcançar uma sociedade livre de drogas ilícitas. O ano de 2018 evidenciou o incremento das ameaças globais do narcotráfico, pela rápida variação das rotas, os modos de operar e métodos de esconder; a negativa tendência internacional de legalizar a maconha; a persistência do uso de tradicionais itinerários do tráfico internacional de drogas próximos de nossa área geográfica e a incidência de grupos criminosos de estrangeiros e emigrantes cubanos, com

Acerca do debate no Partido Comunista do Brasil (PCB) sobre a questão agrária

O V Congresso Nacional do Partido Comunista do Brasil (PCB), realizado entre 28 de agosto a 6 de setembro de 1960, na sede da Associação Brasileira de Imprensa (ABI), no Rio de Janeiro, é - de certa maneira - um divisor de águas dentro do movimento comunista brasileiro que levaria à cisão dos comunistas dois anos depois. A batalha interna se dava em torno das concepções revisionistas da Declaração de Março de 1958, um documento que viria oficializar a adesão do PCB às posições oportunistas do dirigente soviético Nikita Kruschióv. As ideias centrais de defesa da revolução pacífica e via parlamentar para o socialismo, bem como a ilusão em considerar a burguesia como uma classe revolucionária t

Marx: "Demandas do Partido Comunista na Alemanha"

“Trabalhadores de todos os países, uni-vos!” 1. Todo território da Alemanha deverá ser declarado como uma única e indivisível república. 2. Todo alemão, ao atingir a idade de 21 anos, deverá ter o direito de votar e de ser eleito, desde que não tenha sido condenado por um crime. 3. Os representantes do povo deverão receber salário para que os trabalhadores, também, possam ser membros do Parlamento Alemão. 4. Armamento universal do povo. No futuro, os Exércitos serão, simultaneamente, Exércitos de Trabalho, para que as tropas não apenas consumam, como antigamente, mas que produzam mais do que o necessário para sua sobrevivência. Isso será, também, uma contribuição para a organização d

"Os oportunismos segundo Lenin"

Porque não se pode, na realidade, confundir o Partido, destacamento de vanguarda da classe operária, com toda a classe. E é exatamente essa a confusão (própria de todo economismo oportunista, em geral) em que cai o camarada Axelrod (...) (in “Um passo em frente, dois passos atrás”, Lenine, 1904)[1] Em O oportunismo e a falência da II Internacional (1916)[2], Lenine afirma que o oportunismo é primeiro um estado de espírito, depois uma tendência e numa fase final, um grupo ou camada da burocracia operária a que se juntam companheiros pequeno-burgueses. Refere Lenine (op. cit.) que este grupo de personagens, os oportunistas, enganam e submetem o movimento operário reconhecendo em palavras os

Mariátegui: "A organização dos empregados"

A fundação da Confederação de Empregados de Lima e Callao, apesar de todas as ressalvas que impõe a estrutura e a orientação antiquada de quase todas as sociedades que a compõe, merece ser assinalada como um importante signo de concentração e atividade da classe média. Sem dúvida, não é através de sociedades de antigo tipo mutualista, com pretensões de cassino social, que a organização dos empregados alcançará seus objetivos, nem irá encher suas funções de classe. Para ser orgânica, a associação dos empregados necessita ajustar-se ao princípio sindical, que conduz ao agrupamento por categorias, articulando massas homogêneas em vez de assembleias compostas. A Federação de Empregados Bancários

Ladrões e marginais depenando a soberania nacional

Pedimos nossas sinceras desculpas à “esquerda” aristocrática, “democrática”, que desejou “sorte” ao governo Bolsonaro desde sua eleição no segundo turno em 28 de outubro do ano passado, que o reconheceu como “legítimo” por ter “recebido o voto do povo”, e que esperava que o mesmo conduzisse um “governo democrático” que “desenvolvesse o Brasil”. Em parte, nossas palavras aqui se dirigem não só aos verdadeiros democratas e patriotas, mas também a vocês. Bolsonaro e sua turma são um bando de milicianos em um governo ilegítimo, SIM, eleitos por uma fraude eleitoral à qual tal “esquerda” defendeu uma suposta “legitimidade”, inclusive com comentários de ditos especialistas dizendo que as eleições

Vigotski: "Autocontrole"

Se tentássemos sintetizar as formas separadas do desenvolvimento das funções mentais superiores descritas nos capítulos anteriores, seria fácil ver que todas elas têm uma característica psicológica comum que abordamos indiretamente até aqui, mas que é a característica que os distingue de todos os outros processos mentais. Todos estes processos são modos de controlar nossas próprias reações por diferentes meios. Enfrentamos o problema de considerar em que consiste o processo de controlá-las e como elas se desenvolvem na criança. O mais típico para controlar nosso próprio comportamento é a seleção, e não é à toa que, ao estudar os processos voluntários, a velha psicologia via a essência do ato

Dimitrov: "A Juventude contra o Fascismo"

Camaradas, venho trazendo calorosas saudações do Comitê Executivo da Internacional Comunista. Nenhum perigo que se mostrou na longa e árdua estrada, nenhum fascista ou barricada policial foi capaz de lhes prevenir de se reunir na capital proletária Vermelha com o propósito de discutir, de maneira cordial e amigável, como a família internacional que vocês são, as tarefas de unir as forças da jovem geração de trabalhadores. Vocês são um congresso da juventude revolucionária, um congresso de força e coragem. Quantos dos melhores e mais exemplares lutadores da causa da juventude operária vocês agregaram neste congresso! É com orgulho e carinho que acolho, através de vós, em nome da geração revol

Camilo Torres: "Mensagem aos cristãos"

As convulsões produzidas nos últimos tempos pelos acontecimentos políticos, religiosos e sociais, possivelmente fez surgir muita confusão entre os cristãos da Colômbia. Neste momento decisivo de nossa história, é necessário que nos cristãos, estejamos firmes ao redor das bases essenciais de nossa religião. O principal no Catolicismo é o amor ao próximo. “O que ama a seu próximo cumpre com sua lei”. (S. Paulo, Rom. XIII,8). Este amor, para que seja verdadeiro, tem que buscar a eficácia. Se a benevolência, a esmola, as poucas escolas gratuitas, os poucos planos habitacionais, o que tem sido chamado de "caridade", não é o suficiente para alimentar os famintos, nem vestir a maioria dos desnudos,

"Notas sobre a conversa entre Kim Il Sung e Stalin"

A reunião entre a delegação de alto nível da República Popular Democrática da Coreia liderada pelo Primeiro Ministro Kim Il Sung e governantes da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas, liderada pelo Secretário-Geral do Partido Comunista da União Soviética, Josef Stalin, foi realizada no dia 5 de março de 1949 na URSS, das 20:00 às 21:15 no horário local. Também estiveram presentes do lado coreano: Pak Hon Yong (Ministro das Relações Exteriores), Hong Myong Hui (deputado à APS e escritor), Jong Jun Thaek, Jang Si U, Paek Nam Un (Ministro do Comércio), Kim Jong Ju, o embaixador da RPDC na URSS, Ju Yong Ha (Vice Primeiro Ministro) e Mun Il (tradutor) Do lado soviético: A.Ia. Vyshinsky

"O homem que iniciou a guerra"

Na noite de 31 de agosto de 1939, Alemanha e França surpreenderam-se com a notícia de um ataque terrorista polaco a estação germana de Gleiwitz. Adolf Hitler se dirigia ao mundo, era o princípio da Segunda Guerra Mundial, o conflito que tirou a vida de mais de 50 milhões de pessoas. As operações de falsa bandeira são descritas nas gírias militares como aquelas que fazem uma potência agressora parecer que ela é que está sendo agredida. Durante o julgamento de Nuremberg aos nazis, o oficial da Gestapo, Alfred Helmut Naujocks, reconheceu que a ação da emissora de rádio era parte de um plano fronteiriço de ataques de falsa bandeira, para justificar a invasão a Polônia. O único alemão morto no as

"Breve História do Movimento Operário: Ludismo"

Surge o proletariado e os primeiros movimentos contra o capitalismo (ludismo) O termo proletariado tem origem no latim (proles, que significa filho, descendência) e vem desde a Roma antiga como termo depreciativo para os que pertenciam às classes baixas e que nada tinham além da sua prole. Na economia política, o proletário é aquele que tem apenas a sua própria força de trabalho (única forma de garantir a mais-valia aos capitalistas) como bem a ser vendido à burguesia. Com o avanço técnico e da luta de classes, foram realizados vários processos econômicos, políticos e sociais, desde as sociedades comunitárias (incluindo o comunismo primitivo) até modos de produção como o feudalismo, onde exi

Mao: "A Frente Única no Trabalho Cultural"

O objetivo de todo o nosso trabalho é abater o imperialismo japonês. Tal como Hitler, os imperialistas japoneses aproximam-se da sepultura. Mas devemos prosseguir nos nossos esforços pois só assim poderemos abatê-los definitivamente. No nosso trabalho, a guerra vem em primeiro lugar, depois vem a produção e depois a cultura. Tropas sem cultura são tropas ignorantes e tropas assim não podem vencer o inimigo. A cultura nas regiões libertadas tem o seu lado progressista, mas conserva ainda algo de atrasado. Nelas existe já uma cultura nova, cultura do povo, mas mantêm-se ainda bastantes marcas de sobrevivências feudais. Na região fronteiriça Xensi-Cansu-Ninsia, entre um milhão e meio de habit

"A bandeira do dia da mulher convoca a unir e lutar contra Regime EUA-Duterte!"

Neste dia histórico, de ações coletivas das mulheres se tornando uma força mundial a ser reconhecida, as mulheres revolucionárias filipinas sob a bandeira de Malayang Kilusan e Bagong Kababaihan (MAKIBAKA) continuam a feroz tradição de mulheres fortes que resistem e lutam ao longo da linha e do programa da revolução nacional democrática contra o sistema semicolonial e semifeudal. Ao celebrarmos o Dia Internacional da Mulher, reconhecemos e juramos derrubar o principal inimigo das mulheres filipinas e de todo o povo filipino hoje: o regime norte-americano de Duterte. No comando deste regime está Rodrigo Duterte, que é a misoginia personificada. Ele é um chauvinista que reivindica estimar a me

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube