Marx & Engels (David Riazanov)

APRESENTAÇÃO

A atual crise mundial que afeta o mundo inteiro, fruto dos proble­mas estruturais do capitalismo, amplia e recrudes­ce a miséria e pobreza das imensas massas humanas na Ásia, na África e na América Latina, aumenta a exploração dos trabalhadores em todo o mundo, retira direitos democráti­cos fundamentais conquistados pelas lutas populares nas últimas décadas. Neste cenário, os nomes de Friedrich Engels e Karl Marx voltam a ganhar destaque entre todos aqueles que pretendem criticar a ordem capitalista em algum nível. Para os comunistas, a tarefa se reveste de importância ainda maior. Assim se faz necessário a todos os que se pretendem marxista-leni­nis­tas o estudo amplo, rigoroso e sistemático sobre a concepção materialista da história elaborada pelos dois filósofos alemães.

 

Marx e Engels foram responsáveis por uma verdadeira revolução no conhecimento humano, a fundamentação do materialismo histórico, mé­todo científico que proporciona a descoberta das leis gerais objetivas que regem o desenvolvimento da sociedade burguesa. O marxismo, tal como ficou conhecido nesse momento histórico, herdou o que de melhor havia sido criado pelo pensamento humano, a filosofia alemã, a economia política inglesa e o socialismo francês, e os superou dialeticamente em uma nova sín­tese, uma etapa superior para o entendimento da vida social.

 

Nos atuais tempos, em nosso país, acentuadamente no âmbito acadêmico, muitos grupos de professores e estudiosos bradam a palavra de ordem "volta a Marx", para retomar a "autenticidade" da teoria em detri­mento ao desenvolvimento desta em um período histórico revolucionário que se inicia com a Revolução de Outubro. A partir desta visão purista, toda a riqueza da experiência concreta da luta do proletariado e dos povos coloni­ais são ignoradas (quando não atacadas virulentamente) por ter se distanci­ado de uma pureza perdida do dever ser abstrato que não se realizou como se imaginava.

 

A fórmula de retorno a Marx é religiosa, como aponta o filósofo Domenico Losurdo, em seu livro Fuga da História. Análogo ao papel que a utopia cumpriu após o desenvolvimento do movimento revolucionário do proletariado na segunda metade do século XIX, o mantra “volta a Marx” é fruto de capitulação política diante da realidade concreta, demonstração da incapacidade de compreensão dos acontecimentos históricos e, sobretudo, assimilação do discurso anticomunista imposto pela ideologia burguesa acerca da heroica construção do socialismo no último século.

 

Evidentemente, não é necessário se estender demasiadamente para demonstrar que tal posição capitulacionista, em nada contribui para que o movimento revolucionário brasileiro se fortaleça, para assimilar a contribui­ção que as experiências socialistas, soviética, chinesa, coreana, cubana entre outras, têm as nos oferecer para a compreensão da tarefa histórica dos co­munistas. Mas se a consigna “volta a Marx” não se sustenta por si mesma, em outro sentido, isso também não nos exime da responsabilidade de estu­dar de forma científica a vida e obra dos fundadores do socialismo científico.

 

Há disponível em língua portuguesa algumas dezenas de edições publicadas de diversos autores que reivindicam o marxismo de alguma ma­neira que apresentam de forma geral um resumo biográfico de Marx e En­gels, elencando os principais acontecimentos de suas vidas e sua produ­ção teórica. Há ainda algumas obras biográficas escritas por jornalistas que são permeadas por clichês oriundos da propaganda burguesa. Por outro lado, as biografias de Engels e Marx publicadas em português pela Editora Avante são dois cânones para o estudo da vida destes.  Em vista disso, pela necessidade de se ampliar a oferta de obras que contribuam para o estudo da vida e obra dois criadores do marxismo, o selo Edições Nova Cultura pu­blica este registro do curso ministrado pelo historiador russo David Riaza­nov. O mérito da obra que agora editamos diante das demais é – como ressalta o próprio Riazanov – a aplicação do método materialista histó­rico para analisar a totalidade da vida dos fundadores do socialismo científico.

 

Historiador competente, Riazanov após a Revolução de Outubro, a partir de 1918, ficou encarregado de organizar os arquivos existentes sobre o marxismo. Em 1920 assumiu a direção do Instituto Marx-Engels (que a partir de 1931 se torna Instituto Marx-Engels-Lenin). Com um trabalho ár­duo e extenso, o Instituto recolheu centenas de originais, fotocópias, panfle­tos, além de uma biblioteca com mais de 450 mil livros e periódicos.

Este livro, datado de 1927, é resultado de um dos cursos ministra­dos por Riazanov na Academia Comunista de Moscou sobre a história do marxismo. Nas nove conferências que compõe o volume são destrinchadas as trajetórias de Karl Marx e Friedrich Engels, mas sem antes localizá-las em um contexto histórico determinado, que influenciou definitivamente a ação e a formação revolucionária de ambos. Ao longo do curso, são abordadas a formação intelectual e política, os debates travados e a fundamentação des­tes, a luta constante contra as concepções equivocadas dentro do movi­mento revolucionário, o esforço incessante para contribuir para o desen­volvi­mento do proletariado como força política, a ampla e profícua obra desenvolvida na intensa colaboração intelectual entre ambos.

 

Em suma, o leitor encontrará nessa obra um ponto de apoio para a compreensão do processo teórico e prático ao qual passaram os dois comunistas alemães em suas vidas dedicadas à causa da revolução proletária e do socialismo científico. Como Lenin destacou com maestria em certa o­ca­sião: “desde o dia em que o destino juntou Karl Marx e Friedrich Engels, a obra a qual os dois consagraram toda a vida converteu-se em uma obra comum. O proletariado pode dizer que a sua ciência foi criada por dois sábios, dois lutadores, cuja amizade ultrapassa tudo o que de mais como­vente oferecem as lendas dos antigos”. Por isso, lançamos esta edição que acreditamos que poderá contribuir para uma compreensão à luz do materialismo histórico da trajetó­ria política dos dois grandes mestres socialistas.

UNIÃO RECONSTRUÇÃO COMUNISTA

MARX & ENGELS
Fruto de uma série de conferências proferidas pelo historiador russo sobre a vida e obra de Karl Marx e Friedrich Engels no curso de marxismo da Academia de Moscou em 1927, este livro é uma contribuição para o estudo da totalidade da atividade dos dois grandes mestres do marxismo. A partir da premissa de aplicar o método do materialismo histórico à vida dos seus criadores, Riazanov oferece uma contribuição importante para o estudo da produção científica desta dupla de filósofos alemães. Do contexto histórico no qual se desenvolveram os dois jovens ao processo de formação política e intelectual, da luta teórica e prática travada contra todas as concepções alheias a causa do proletariado e da revolução socialista à fundação da Associação Internacional dos Trabalhadores, este livro editado pelo selo Edições Nova Cultura apresenta um panorama completo da trajetória revolucionária de Marx e Engels.

​​

BAIXE O PDF DO LIVRO

NOVACULTURA.info

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube